Carmo Vasconcelos

"FENIX"

 

Enlaces Poéticos

Com :

MERCILIA-RODRIGUES

INICIAL RESPOSTA  
CV - SONHO VELHO M.ROD - SOU-TE O SONHO 13-10-2007

 

 

I

 

SONHO VELHO
Carmo Vasconcelos

   
   

SOU-TE O SONHO
Mercília Rodrigues

     
Não assustes este sonho que remoça
Lentamente no meu árido caminho
E que no teu peito com mel que o adoça
Anda ternamente construindo o ninho
   
    Prova o mel, em teu peito, resguardado !
Sou o sonho, que te chega de mansinho,
sopro todas agruras de teu fardo
e enfeito este teu abrigo de carinho !
Fala baixo meu amor e de mansinho
Deixa qu’ ele repouse em nuvens de algodão
Não vá que de susto fuja o pobrezinho
Abandonando o seu ninho de ilusão
   
    Teu amor faz o silêncio de ternura...
Cá estou para aninhar-te ao coração
e não fugirei, dando azo à amargura ,
quero ser para ti sonho real, não ilusão !
Não assustes este sonho que apetece
Como lua cheia em noite enevoada
Ou água fresca no estio que entontece
   
    Permaneço pois , na alma enamorada,
sou para ti o abraço que te aquece,
e que nos idos foram-te levados !
Que deste meu velho sonho a alvorada
É deitar em ti a vida que esmorece
Se aninhando em tua cálida morada
   
    Vem , deixa-te ficar, em meu regaço !
Deixa ir desamor que já fenece
e assim esvai-se a ilusão e teu cansaço
Carmo Vasconcelos    
    Mercília Rodrigues

 

 
Livro de Visitas