Carmo Vasconcelos

"FENIX"

 

Enlaces Poéticos

Com :

EFIGENIA-COUTINHO

(CLIQUE NA SETA)

INICIAL RESPOSTA    
CV - A ARTE DE VIVER EC - A ARTE DE VIVER 28-09-2009  
EC - FIDELIDADE AMANTE CV - FIDELIDADE 02-11-2009  
EC - ROSA RUBRA ROSA DE LUZ 11-11-2009

 

 

I

 

A ARTE DE VIVER
Carmo Vasconcelos



Nem sempre é fácil a arte de viver...
Renúncia exige em meio de sacrifícios;
Há que fechar os olhos pra não ver
A falsidade eivada de artifícios;

Calar os sapos rente ao coração,
Riscar da mente abruptos desenganos,
De orgulho e brios, sem mágoa, abrirmos mão,
E dar amor a crentes e profanos!

Essa a palavra ouvida à cristandade:
Amar o nosso irmão, qual Jesus Cristo,
Que já na cruz, perdoa ao Judas falso!

Mas desse exemplo longe, eu preces alço
Pra que essa luz me toque enquanto existo
E possa ser-me leve a Eternidade!

Carmo Vasconcelos
Lisboa/Portugal
28/Setº/2009

ARTE DE VIVER
Efigênia Coutinho



Desejo que este texto que ora finda
Venha servir para algum alento.
Leia e releia sempre, com talento.
E redescobrirá muita verdade ainda.

Contudo é preciso haurir atento
Porque não se vive duas vezes a vida.
Procure fazer desta vida a mais linda
Permanecendo dia e noite muito atento.

É importante viver a realidade
Nos trazendo alegrias e felicidade
Para vivermos dentro da comunidade.

Fraternidade, é uma virtude que persiste
Sentir amor por seu irmão que existe,
É assim que vais colher muitas benesses.

Efigênia Coutinho
Balneário Camboriú
2009 Setembro

 

 

II

Acróstico inspirado no tema “FIDELIDADE”,

de Efigênia Coutinho Por  Carmo Vasconcelos

 

 

Fidelidade Amante

Fidelidade Virtuosa

Fidelidade Voluntária!!!


Quanto aos valores particulares, não terminaríamos de enumerá-las.
Serei pratica e breve...
A Fidelidade deve dirigir-se ao que vale, e proporcionalmente, se ouso dizer, já que se trata de "grandeza"por natureza,
ao valor do que vale!

Fidelidade primeiro ao sofrimento, à coragem desinteressada, ao amor, será?
Assalta-me uma duvida: seria o sofrimento então um valor? Não, é claro, tomado em si mesmo, ou então negativo;
tenho certeza, o sofrimento é um MAL, e seria um engano ver nele uma redenção!!!

Mas, embora o sofrimento não seja um valor, toda uma vida sofrida, sim, o é pelo amor que exige ou merece.
Amar quem sofre, é mais importante do que amar o que é belo ou grande, e o valor nada mais é do que merece ser amado.
É nisso que toda FIDELIDADE seja Fidelidade a um valor ou alguém, é Fidelidade ao amor pelo amor.

A Moral começa pela Polidez, continua pela Fidelidade. Fazemos primeiro o que se faz; depois impomo-nos
ao que devemos fazer. Primeiro respeitamos as boas maneiras, depois as boas ações. Os bons costumes, depois a própria bondade.
FIDELIDADE AO AMOR RECEBIDO, ao exemplo admirado, à confiança manifestada....

Fidelidade, é amor fiel, o uso comum não se engana a esse respeito.

Efigênia Coutinho
2007 Novembro

 

FIDELIDADE
Carmo Vasconcelos


F  idelidade, argêntea luz do que é perene,
I  gneo valor dado ao sentir fiel e profundo;
D  ecalca em nós um sacro símbolo solene,
E  ternizando a devoção que cala fundo!
L  iame invisível, a ligar, sutil, na mente,
I  ndestrutíveis sentimentos de amplitude,
D  ita-nos que é, mais que fulcral, justo presente
A  o que merece-nos recíproca atitude!
D  igno tributo aos recebidos bens de amor,
E  leva o ser à dimensão pura e maior!

Carmo Vasconcelos
Lisboa/Portugal
2/Novº/2009

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Livro de Visitas